Bebês

Vantagens da fórmula de cabra sobre o leite de vaca para bebês


Embora o leite de vaca seja a base usual para o preparo de fórmulas adaptadas para bebês, recentemente foram lançados no mercado leites infantis à base de leite de cabra, além de outros feitos com bebidas vegetais, como soja ou soja. arroz. Quais são as vantagens ou benefícios da fórmula de cabra sobre o leite de vaca para bebês?

Dentre esses tipos de fórmulas, o leite adaptado feito com leite de cabra tem gerado grande polêmica em muitos países europeus, sendo que em alguns deles, como o Reino Unido, sua comercialização foi até proibida por lei.

Hoje muitas marcas são comercializadas normalmente, e devem cumprir os requisitos e regulamentos que a União Europeia estipulou para garantir que qualquer fórmula adaptada, seja cabra, vaca ou vegetal, forneça nutrientes e energia adequados para o desenvolvimento total de um bebê alimentado com esses leites artificiais. Os defensores do leite de cabra citam várias razões para considerá-lo melhor do que o leite de vaca:

- A proteína do leite de cabra é de melhor qualidade
Estudos realizados sobre as proteínas do leite de cabra e vaca com relação ao leite materno revelaram que, embora sua qualidade possa ser semelhante - não seu valor biológico, já que a proteína do leite materno atinge o máximo possível - a curva cinética da digestão das proteínas do leite de cabra, ou seja, a velocidade com que são digeridas, é muito mais semelhante ao leite materno do que ao leite de vaca.

De acordo com isso, a digestão das proteínas do leite feito de leite de cabra pode ser mais suportável para os bebês, facilitando também a evacuação das fezes, se comparada à fórmula feita com leite de vaca, que é mais complicada e pesado para digerir. Um dos principais benefícios que isso poderia ter seria para evitar a cólica infantil, embora não haja relevância científica no momento.

- É mais nutritivo
Vários estudos têm demonstrado que não há diferenças significativas no crescimento e desenvolvimento de crianças alimentadas com leite em pó de cabra ou de vaca, portanto suas qualidades nutricionais podem ser consideradas semelhantes.

Esses estudos normalmente acompanham a evolução de bebês e de um grupo de controle de bebês amamentados, para determinar se o crescimento e o desenvolvimento de bebês alimentados com fórmula é normal.

Além disso, nesses estudos observou-se que não houve diferenças no comportamento dos bebês (choro, sono ...), nem no estado geral de saúde ou no desenvolvimento de alergias alimentares entre crianças alimentadas com leite de cabra e vaca.

- Produz menos alergias
Em estudos experimentais em animais, observou-se que o leite de cabra é potencialmente menos alergênico do que o leite de vaca. Acima de tudo, menos episódios de atopia e distúrbios gastrointestinais são observados quando o leite de cabra é usado como principal fonte de proteína após o período de amamentação (leite de acompanhamento).

No entanto, esses são estudos em camundongos, por isso é muito difícil extrapolar para o que aconteceria em humanos sem mais dados sobre o assunto. Além disso, o leite de cabra pode produzir reações de sensibilidade cruzada em crianças com alergia à proteína do leite de vaca, portanto, deve-se ter cuidado nesses casos.

Embora a segurança e a adequação nutricional das fórmulas infantis de leite de cabra tenham sido amplamente questionadas, atualmente pode-se afirmar sem dúvida que os leites hoje comercializados são uma opção válida para a alimentação de bebês.

Porém, a decisão de usar fórmulas adaptadas para bebês com leite de vaca ou de cabra é decisão exclusivamente das famílias, uma vez que não há evidências científicas significativas de que uma seja mais benéfica que a outra.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Vantagens da fórmula de cabra sobre o leite de vaca para bebês, na categoria Bebês no local.

Vídeo: Episodio #1321 Leche de vaca o de cabra? (Outubro 2020).