Escola

7 dicas para remover o medo das crianças de testes de múltipla escolha


Os exames de avaliação acadêmica podem ser uma dor de cabeça completa, mesmo na faculdade! Em comparação com outros métodos de avaliação como exposições, debates ou práticas, há algo nas avaliações escritas que sempre gera ansiedade e é justamente esse sentimento que faz com que as crianças reprovem nestes exames. Desta vez, vamos falar sobre exames de múltipla escolha, já que frequentemente causam insegurança e medo nas crianças.

Você sabe o que são exames de múltipla escolha? Vamos primeiro ver o que eles são para saber como podemos ajudar os mais pequenos a lidar com eles. Este tipo de teste é caracterizado por ter uma série de opções de resposta prováveis onde apenas um deles está correto.

Isso implica um uso diferente da memória no estudo, uma vez que a memória de reconhecimento deve ser trabalhada mais do que a memória de evocação, que geralmente é usada em testes de desenvolvimento. Isso porque o conhecimento apreendido deve ser reproduzido, enquanto os testes procuram reconhecer a verdade entre as alternativas apresentadas.

No testes de múltipla escolha, o inconsciente reconhece a resposta correta porque você leu ou compreendeu isso antes. Porém, para desenvolver essa habilidade é necessário um método de estudo diferente daquele utilizado para avaliações desenvolvimentais.

Embora as crianças tenham uma imensa capacidade de diversão, também podem facilmente ficar estressadas quando confrontadas com um desafio, e isso as afeta em um nível mental e intelectual. A maioria dos casos de reprovação nos exames acadêmicos das crianças não se deve à falta de estudo, mas a ansiedade, que faz com que as crianças não respondam adequadamente.

Para algumas crianças, os testes escritos podem não ser um desafio estressante se forem apresentados em um tipo de formato de desenvolvimento. No entanto, também existem exames de múltipla escolha Eles colocam seu equilíbrio à prova, pois estão fora da rotina que conhecem, o que cria ansiedade.

Para ajudá-los com esse medo, a primeira coisa é sempre fornecer-lhes conhecimentos sobre o que são os exames de múltipla escolha e qual a sua diferença em relação aos exames tradicionais de perguntas e respostas. Então você pode gerar um ambiente de estudo onde se familiarizam com esses tipos de avaliações, recriar e possuí-los. Assim, poderão sentir-se confiantes e enfrentar este novo desafio que apresentam sem problemas, pois já o conhecem de antemão e não é algo desconhecido e perturbador.

Sabendo como estão os exames com opções, então proponho algumas dicas para estudar com sucesso este tipo de teste e, além disso, algumas dicas que você deve transmitir ao seu filho para que ele apareça com mais confiança para o exame.

1. Estude com esboços e resumos
Essas técnicas, que consistem em fazer contornos e resumos de estudos, ajudam a fortalecer a memória de reconhecimento, pois focalizam o ponto principal dos conceitos e é mais fácil discriminar os erros da verdade nos testes.

2. Realizar exercícios
Este talvez seja o melhor método para estudar os exames de múltipla escolha, pois ajuda seu filho a recriar aquele momento e familiarizar-se com ele, podendo também adquirir melhor foco e habilidades de gerenciamento de tempo. Por isso, sugerimos que você invente algumas perguntas com opções para que seu filho se acostume a esta forma de fazer os testes.

3. Lembre-se das palavras-chave
Outra técnica de estudo altamente recomendada é ensinar seu filho a prestar atenção e selecionar palavras-chave que ativem a memória de reconhecimento e o ajudem a ver sempre a resposta correta na seleção de opções. Dessa forma, você pode se concentrar melhor no ponto principal do tópico e evitar distrações.

4. Relaxamento antes do exame
Sempre recomendo que, antes de seu filho fazer o teste, você faça uma série de exercícios de respiração e relaxamento para reduzir a ansiedade e o nervosismo. Dessa forma, você pode ficar focado e mais calmo. Lembre-se de que quanto mais calmo você estiver, melhores resultados terá.

5. Leia as instruções do teste cuidadosamente
Às vezes, os erros também surgem de sempre ir rápido. Portanto, convide seu filho a ler as instruções do teste com atenção para evitar cometer erros, uma vez que em uma pergunta eles podem fazer para marcar todas as respostas corretas, o que indica que há mais de uma que eles devem selecionar ou podem perguntar justifique o que não é verdadeiro. Você pode incluir este exercício nos exercícios para que eles possam praticar com antecedência.

6. Responda com sabedoria
Nesse sentido, eles podem começar com as perguntas mais fáceis que podem reconhecer imediatamente e, então, dedicar mais atenção às complicadas que precisam de mais tempo de concentração.

No entanto, para outras crianças, o que funciona melhor é justamente o contrário: responder primeiro às perguntas mais difíceis e de maior pontuação para obter bons resultados, deixando por último as mais simples que não tomam muito tempo. Isso vai depender dos critérios do seu filho.

7. Revise as respostas
É importante que, assim que terminar e tiver bastante tempo, reveja as respostas escolhidas para evitar erros devido à velocidade ou confusão. Mas sim, ele aconselha seu filho a não se focar tanto nas opções com as quais não se sente seguro, mas sim olhar a resposta que sabe ser correta, pois isso pode causar nervosismo e insegurança.

Portanto, siga estas dicas e pratique em casa com seu filho para entrar na batalha com sucesso.

Você pode ler mais artigos semelhantes a 7 dicas para remover o medo das crianças de testes de múltipla escolha, na categoria Escola / Faculdade no local.

Vídeo: ÓLEOS ESSENCIAIS: O QUE, COMO, QUANDO? com Daiane Alaniz. Projeto 0800 #347 (Outubro 2020).