Abuso

O que pode levar uma adolescente a atacar sua mãe


Parece o enredo de uma nova série da Netflix ou a história de um dos últimos best-sellers que você encontra em qualquer livraria do país, mas nada está mais longe da verdade. A notícia é o que é: uma adolescente agride a mãe por não deixá-la ir a uma festa.

O vídeo é em brasileiro, mas podemos garantir que as imagens são tão impressionantes que tocam a sensibilidade de qualquer pessoa. E penso que nenhuma mãe pode imaginar que aquela pessoa que passou nove meses no seu ventre, por quem passou noites sem dormir e dias sem comer e por quem deu toda a sua vida, possa um dia se tornar seu pior pesadelo.

Como dizemos, a sequência mostra uma adolescente - seu nome não foi divulgado para preservar sua privacidade - puxando o cabelo da própria mãe porque a proibiu de sair de casa para ir a uma festa. Este é o verdadeiro motivo! Dá para ouvir a mulher dizer 'Solte meu cabelo', mas a jovem fica com tanta raiva que não dá ouvidos aos motivos e continua a puxar os cabelos da mãe. O pai tenta intervir no caso, mas é impossível, a menina está fora de si!

O vídeo se tornou viral em poucas horas e os comentários sobre ele têm sido os mais variados, embora sim, a maioria das pessoas critica a falta de autoridade dos pais, eles se perguntam por que a mãe vai embora fazer sem ter qualquer reação (para melhor ou para pior) e eles questionam até que ponto os pais devem ser pacíficos com as atitudes violentas de seus filhos.

Sim, pôde-se saber que o fato é denunciado, mas não pelos pais, pois não ousaram ou tiveram forças para enfrentar aquele momento difícil, mas pela avó, que estava cansada de ver episódios violentos e rebeldes de sua neta decidiu ir à polícia. A jovem teve de ser transferida para lá, que agora aguarda julgamento por crime de lesão corporal. Ela vai se arrepender depois do tumulto?

Infelizmente, o caso deste adolescente brasileiro não é um acontecimento isolado e está se tornando cada vez mais comum ouvir, saber ou presenciar situações como esta. Para se ter uma ideia, na Espanha, por exemplo, as reclamações de pais a menores dobraram nos últimos cinco anos, chegando a 5 mil casos. O que nós, pais, estamos fazendo de errado ou não? Por que ocorrem esses tipos de agressões?

- Falta de limites
As crianças devem ter regras desde quando são pequenas. Deixar de fazê-lo no tempo devido pode resultar em uma criança com síndrome do imperador, ou seja, crianças que manipulam e dominam seus pais.

- Sentimentos de culpa dos pais
Muitos adultos têm consciência da situação em que vivem em casa, mas não se atrevem a fazer nada: não ir ao psicólogo, muito menos relatar. Eles se sentem culpados por não fazerem isso direito e são enforcados.

- Você não age na hora certa
Os pais consideram que, talvez, seja uma situação temporária e que falar com o filho pode ser resolvido. Eles tentam fazer o possível para resolvê-lo, mas às vezes é tarde demais e vai da violência psicológica à física, como é o caso que falamos acima.

- Ambiente de violência
As crianças aprendem mais com o que vêem do que com o que ouvem, e é por isso que muitos dos jovens agressores repetem um comportamento que foram capazes de vivenciar em sua própria pele (foram vítimas de bullying na escola ou bullying) ou viram em casa (Os pais muitas vezes discutiam na frente dos filhos ou, ainda, havia situações de agressão entre os adultos).

- Sociedade materialista
Devido à sociedade em que vivemos, os jovens estão recebendo mensagens de erro como a de que você não precisa se esforçar muito para conseguir as coisas e, claro, é outro motivo que está por trás de comportamentos agressivos. Você tem que educar a criança que você não pode ter tudo o que deseja, porque é verdade. Só assim cortaremos o germe do egoísmo e a fonte de muitas frustrações.

Você pode ler mais artigos semelhantes a O que pode levar uma adolescente a atacar sua mãe, na categoria de abuso no local.

Vídeo: 10 Sinais Alarmantes De Que O Seu Coração Não Está Funcionando Direito (Outubro 2020).