Distúrbios alimentares

Estes são os alimentos que causam mais constipação em crianças


Há cada vez mais consultas pediátricas sobre casos de constipação infantil. Entre as causas que causam esse transtorno estão a falta de ingestão de líquidos, pouca atividade e sedentarismo das crianças e, principalmente, uma alimentação mal cuidada. Você quer saber o que são alimentos que causam mais constipação em crianças E o que você deve evitar se seu filho tiver problemas para evacuar?

Algumas crianças têm uma tendência natural à constipação que, devido a mais água ou fibras, não podemos controlar. Se for esse o caso, seu filho pode ser especialmente suscetível e você pode precisar eliminar ou limitar certos alimentos de sua dieta.

- Bananas
Bananas verdes contêm carboidratos indigeríveis que, além de causar flatulência, tendem a causar prisão de ventre. No entanto, à medida que esses carboidratos amadurecem, eles se quebram em cadeias mais curtas que são facilmente digeridas pelo corpo, causando exatamente o resultado oposto.

- Glúten
Algumas crianças têm uma sensibilidade especial a esta proteína que, sem ser intolerante ou celíaca, causa-lhes certos problemas como prisão de ventre ou gases.

- Farinhas e cereais refinados
Em geral, os carboidratos complexos, ao contrário dos simples, requerem um esforço digestivo que retarda a digestão. A presença de fibra nesses carboidratos de cadeia longa significa que essa desaceleração na digestão não resulta em um aumento na dureza das fezes. Especificamente, o arroz branco está no topo da lista. No processo de refino desse arroz, são eliminadas todas as camadas externas do grão, aquelas que contêm toda a fibra e micronutrientes, de modo que seu consumo resulta em uma digestão mais lenta e fezes mais duras.

- Leite e laticínios
Embora nenhuma explicação científica tenha sido encontrada para apoiá-lo, alguns estudos mostraram que tanto o leite quanto alguns produtos lácteos podem agravar a constipação.

- Carnes vermelhas
Por um lado, essas carnes contêm ferro, mineral que tende a constipar, e por outro, conforme o maior teor de gordura, a digestão torna-se mais pesada, aumentando a constipação.

- fritar
Ao incorporar gordura na comida, a digestão é retardada, aumentando a possibilidade de prisão de ventre.

- sal
O excesso de sal afeta o equilíbrio dos solutos no corpo, de modo que é necessário desviar mais água para as células do que para as fezes, aumentando sua dureza.

- taninos
Este composto natural presente em certos alimentos de origem vegetal, além de conferir um sabor amargo aos alimentos, apresenta desvantagens nutricionais. Por um lado, é capaz de sequestrar e eliminar minerais e, por outro, é caracterizada por uma diminuição da movimentação dos alimentos no trato gastrointestinal que resulta no aumento da dureza das fezes. A lista de alimentos ricos em taninos é encimada pelo cacau, seguido por algumas frutas, como caqui, mirtilo e amoras, e bananas verdes. Além disso, a casca de algumas nozes, como as amêndoas, também contém grandes quantidades.

Infelizmente, a constipação é um problema muito comum na infância, mas isso pode ser agravado especialmente no verão. O calor favorece a desidratação, enquanto a grande variedade de atividades que as crianças realizam no verão as fazem esquecer de beber água. Além disso, a pouca rotina de refeições que seguimos nas férias contribui para um ligeiro abrandamento da motilidade intestinal.

As maneiras pelas quais podemos combater a constipação infantil são, por um lado, amolecer as fezes, aumentando a ingestão de líquidos e, por outro lado, aumentar o volume das fezes, aumentando a ingestão de fibras. Além disso, podemos limitar o consumo de certos alimentos que podem retardar a digestão ou aumentar a dureza das fezes, dificultando a expulsão.

Antes de mais, e principalmente nos dias mais quentes, devemos ter certeza de que a criança está consumindo bastante água, pois esta tem um papel fundamental no bom funcionamento de cada um dos órgãos do corpo, bem como na a formação de fezes moles. Beber água deve se tornar uma rotina para as crianças, um ato aprendido que elas praticam com naturalidade e frequência, mesmo antes de terem sede.

Além disso, devemos pensar cuidadosamente sobre a dieta que oferecemos aos nossos pequenos, incluindo frutas e vegetais frescos, legumes e grãos inteiros. No entanto, uma ingestão excessiva de fibras através da dieta pode ser contraproducente. Por um lado, porque produz flatulência ou gases, o que aumenta o desconforto da própria constipação, e por outro, porque impede a absorção de minerais de grande valor na infância, como o cálcio e o ferro.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Estes são os alimentos que causam mais constipação em crianças, na categoria Transtornos Alimentares no local.

Vídeo: Banana versus Intestino: Mitos e Verdades (Outubro 2020).