Amigos

Ensine seu filho a fazer amigos, mas também a dizer adeus a eles


É muito comum neste verão os pais encorajarem nossos filhos a fazer amigos onde quer que vamos. É verdade que os pais adoram e estamos orgulhosos de ver como nossos filhos têm recursos suficientes fazer amigos. Mas, uma vez que eles os tenham feito, devemos também ensine-os a se despedir deles.

Todos nos lembramos de como era ruim quando crianças ou adolescentes tínhamos que nos despedir de amigos de verão, sabendo que no melhor dos casos você esperaria um ano para vê-los e, em outros casos, intuiu que esse adeus significaria nunca mais vê-los. .

O meu conselho aos pais é que nestas despedidas de verão, em que é hora de nos despedirmos dos amigos ou dos primeiros amores de verão, devemos tratá-los como se fossem um duelo em que o pequeno passará por quatro fases:

1. Choque emocional
A primeira fase é quando nossos filhos percebem que em breve terão que se despedir. É a fase em que começam a descontar os dias e horas que faltam para aquele momento indesejado. É muito comum ouvir meninos dizendo coisas como: 'Só nos restam 3 noites', 'É nosso último domingo juntos' ou 'Em dois dias não te verei de novo'. É um momento em que verbalizam o que vai acontecer.

2. Tristeza e raiva
Etapa que ocorre imediatamente após a dispensa, algumas horas ou no dia seguinte. É um momento emocionalmente muito difícil em que devemos apoiar nossos filhos.

3. Desespero
Esta fase em que acreditam que, façam o que fizerem, não verão mais os amigos com quem tanto compartilharam, nem voltarão a sentir as emoções que vivenciaram, por isso chegam ao momento do desespero.

4. Aceitação
Finalmente vem a fase de aceitação. Depois de assumi-lo, eles devem começar a procurar recursos para sua solução e tentar, por exemplo, ver como eles verão novamente aqueles amigos.

E nesse processo que nossos filhos estão passando, qual é o nosso papel? O que podemos fazer para que se sintam apoiados? A melhor coisa é que você age com eles de forma diferente, dependendo do processo emocional e da fase em que se encontram.

Quando seus filhos estão na primeira fase, é bom que percebam o seu apoio, que você está ali, sem diminuir a importância do que eles estão passando; ofereça-lhes o ombro para chorar, abrace e acalme-os.

Quando eles estiverem na segunda fase, converse muito com eles: deixe-os dizer o que sentem e compartilhe seus sentimentos com você; Faça com que eles vejam que aquele momento foi ótimo e por isso que estão animados e você pode até compartilhar o seu com eles. E, claro, esta é uma fase em que devemos continuar a estar ao seu lado.

Quando ele entra na fase de desesperança, é hora de fazer-lhe perguntas para que tome consciência da situação. Eles vão ver tudo preto e é aí que nós, insisto, por meio de perguntas, devemos fazê-los perceber o que aconteceu. Perguntas como 'Por que você acha que vai nos ver de novo?', 'Você já pensou que talvez no ano que vem poderíamos passar o verão lá também?', 'Você ficou com as redes sociais deles para manter o contato?' ou 'O que o faz pensar que não os verá mais?'

Quando aceitarem a vida como ela é, podemos ajudá-los a gerar recursos para revê-los ou retomar essa amizade, se assim o desejarem.

Os pais nunca devem se sentir culpados pelo que aconteceu com eles, nós, como pais, temos feito o que devemos: ir de férias para o melhor lugar possível e incentivá-los a fazer amigos. Agora temos que ajudá-los em seu processo de demissão.

Claro, o que é proibido é que quando nossos filhos se despedem de seus amigos de verão ou de seus primeiros amores, digamos coisas como: 'Nada acontece', 'Você terá outros amigos', 'Não sofra por ninguém', 'Com certeza não foi tão ruim', 'Você não acha que esse ou aquele seria o amor da sua vida?' ou 'Esqueça aquelas pessoas nas quais você não estava interessado, elas têm sido boas para você e é isso'.

Uma amizade de 10 ou 15 dias emocionalmente pode se tornar tão intensa que não devemos desvalorizá-la. No final, somos o que sentimos!

Você pode ler mais artigos semelhantes a Ensine seu filho a fazer amigos, mas também a dizer adeus a eles, na categoria Amigos no local.

Vídeo: Amigos Saudade De Minha Terra A História Continua Vídeo Oficial (Outubro 2020).